Enfrentando a vida com a visão de Deus – Abril/2007

Parece que até Salomão
perdeu o ar da graça
quando a indignação
tomou conta de seu coração

Todos já tiveram aquele dia de não ter disposição nem mesmo para enfrentar a vida, quando a vontade foi de ficar na cama, quando um mau humor o deixou impaciente com as pessoas e com tudo. Essa é uma realidade na vida do homem, principalmente quando passa por momentos críticos.

Salomão ensina que o estudo da Bíblia produz uma visão consciente e construtiva a respeito da realidade. Ler Eclesiastes 3: 1-15 sem o devido estudo pode parecer que Salomão estava passando por um dia daqueles e que perdeu o ar da graça. Parece que a indignação tomou conta do seu coração. Assim, a vida narrada na perspectiva de Salomão é totalmente sem sentido, depressiva.

Os primeiros versículos dão a impressão de que os acontecimentos vão surgindo sem muita razão e as únicas coisas que restam são explicações simples e racionais para tudo. Ora se nasce, ora se morre, ora se edifica, ora se destrói, ora se ri, ora se chora. Como se tudo passasse pela vida sem sentido algum.

Para o homem sem Deus, pode ser assim mesmo porque ele é vazio. No entanto, o verso 11 mostra a vida com uma visão consciente e construtiva a respeito da realidade: “tudo fez Deus formoso no seu devido tempo”. Salomão ensina muito a respeito da vida. Este texto e o estudo da Bíblia mostram como viver melhor.

Salomão ensina que os acontecimentos da vida não são uniformes, não são iguais. Nem todos, hoje, têm motivos para sorrir. Para alguns, hoje está sendo tempo de edificar, de plantar e de se alegrar. Tempo onde as coisas não poderiam estar melhores. Para outros, está sendo tempo de destruir e de arrancar o que plantaram durante a vida inteira: desistem de sonhos, desfazem de bens para sobreviver e assim por diante. Há aqueles que estão no tempo de insatisfação nas mais diversas áreas ou momentos de dor, e até de morte.

É difícil entender o momento que o ser humano está passando, porém: “as dores da nossa história não tiram a beleza da vida por si só” (anônimo). Nesses momentos, é preciso entender que as dores e dissabores não alteram o agir de Deus. Depois de alinhar tantos elementos contraditórios, Salomão complementa que Deus fez formosos os mínimos detalhes da vida, da família, do lar, da igreja e assim por diante.

Salomão ensina que o ser humano precisa aprender a existir com discernimento, sabedoria e entendimento. Ensina a buscar sabedoria para viver os acontecimentos ao seu tempo. A grande dificuldade do homem é aprender a viver a experiência certa no tempo certo. É impressionante como ele sempre vive desajustado, fora do tempo com os filhos, com o cônjuge, com Deus, com tudo.

Constantemente, as pessoas se lamentam: “se eu soubesse que os filhos cresciam tão rapidamente, teria aproveitado mais tempo com eles, enquanto ainda estavam no meu controle”. Muitas vezes, o ser humano lamenta por algo que não volta mais. Por isso, é necessário aprender a viver com discernimento. Muitas pessoas amam na hora errada e, por isso, se separam na hora em que não queriam. Não aprendem a sorrir na hora certa e, por isso, choram na hora errada. Não discernem a hora de abraçar e, por isso, se afastam quando não queriam.

Finalizando, a maioria das pessoas não tem discernimento algum para existir e apenas passam pela vida. Não sabem quando edificar ou quando parar. Quando abraçar ou quando se afastar. Às vezes antecipam, outras vezes atrasam. Precisamos aprender a viver cada fato no seu tempo certo. A vida é uma dádiva de Deus. Precisamos aprender a fazer algo de bom com ela e aproveitar o máximo daquilo que Deus nos tem dado. Corra para aproveitar o tempo de Deus para você.

…………………………….

Fonte: Jornal Aleluia de abril de 2007

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *