Balido de ovelhas, mugido de bois – Julho/2011

A obediência foi, é e sempre será o pilar número um para uma vida vitoriosa em todos
os aspectos.

1Samuel 15.22b diz: “A obediência é melhor do que sacrifício”. O ser humano sempre teve dificuldades em obedecer.

Essa atitude começou no Éden
e perdura até hoje, no tempo da graça.

Mesmo depois de termos passado pelo processo do novo nascimento, sendo salvos por Jesus, membros do Corpo de Cristo, continuamos enfrentando esse o terrível problema da desobediência. Precisamos trabalhar contra isso constantemente em nossas vidas. 1Samuel 15 nos ensina lições preciosas que nos ajudam a vencer as dificuldades na área da obediência. Vejamos algumas:

Ouvir a mensagem do Senhor

Deus tinha o compromisso de fazer justiça contra os amalequitas que haviam afrontado os israelitas quando saíram do Egito. A ordem era clara: “Vai, pois, agora, e fere a Amaleque, e destrói totalmente a tudo o que tiver, e nada lhe poupes; porém matarás homem e mulher, meninos e crianças de peito, bois e ovelhas, camelos e jumentos”. 1Samuel 15: 3. Era um juízo radical sobre os amalequitas, mas era ordem do Senhor. Não deveriam poupar nada e a ninguém.

Ser radical no cumprimento
da ordem do Senhor

Saul cumpriu em parte a ordem. Poupou Agague e o melhor do rebanho. Precisamos ter cuidado com nossas ações e conduta. Ordem dada, ordem cumprida. Não podemos fazer concessão ao pecado. Saul e seus soldados encheram os olhos com o melhor dos amalequitas. Traduzindo para nossos dias, isso significa aderir aos prazeres e buscar riquezas, adquiridas fraudulosamente.

Assumir responsabilidade

Temos a tendência de transferir responsabilidade como fez Saul. Mas o balido das ovelhas e o mugido dos bois denunciaram a desobediência de Saul. Quando Samuel pede explicações a Saul, Ele procura transferir a responsabilidade para seus soldados. Saul procurou “sair pela tangente”, dizendo que havia ido sacrificar ao Senhor…”. Mas Deus deixa muito claro que sacrifício sem obediência é pecado. Precisamos ter muito cuidado ao celebrarmos ao Senhor. Sem obediência, a adoração, louvor, celebração, oração, pregação, entrega de dízimo e oferta ou qualquer outra coisa que se faça é pecado. Primeiro obediência, depois o sacrifício.

Assim, conclamo a todos à obediência custe o que custar. Humilhe-se, deixe a arrogância, o orgulho de lado e seja obediente como foi Jesus: “ate a morte e morte de cruz”. Obediência sem cruz não existe. Pela cruz nos foi aberto o caminho que nos dá acesso ao trono.

…………………………..

Fonte: Jornal Aleluia de julho de 2011

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *