Quem Somos

A Igreja Presbiteriana Renovada do Brasil é fruto do avivamento que se instaurou no meio presbiteriano brasileiro, na década de 60 do século XX

CONTATO

Secretaria@iprb.org.br
Caixa postal 504 – CEP 87020
(44) 3262-8332 – (44) 3262-9438

Apresentando alguns aspectos da Igreja

História

A IPRB é uma denominação religiosa, fundada em 1975 pela união de duas igrejas antecessoras, a Igreja Cristã Presbiteriana (ICP) e da Igreja Presbiteriana Independente Renovada (IPIR).
A motivação do surgimento de ambas as denominações anteriores foi a influência do movimento pentecostal que se instaurou no Brasil no final do século XX.

  • Mais informações em História da IPRB
  • Dados sobre número de membros em Estatística
  • Aspectos jurídicos e normas de funcionamento interno: ver Legislação

Estrutura Administrativa

  • O sistema administrativo da IPRB é composto de duas diretorias, sendo uma executiva e outra a administrativa, subordinadas a uma assembleia geral que tem a decisão final em todas as questões.  As igrejas locais são juridicamente independentes e administradas por seu pastor e seu conselho. A administração regional é exercida por presbitérios, e seus presidentes compõem a diretoria administrativa.
  • Mais dados

Órgãos auxiliares

A igreja tem quatro instituições que atuam nas seguintes áreas:

  • Editora Aleluia, dedica-se à produção de material de estudos, impressão de livros
    e do jornal denominacional.
  • MISPA – Missão Priscila e Áquila, dedica-se ao trabalho missionário, tendo campos no Brasil e no exterior
  • Dois Seminários – sendo um Anápolis, GO, e outro em Cianorte, PR, e se dedicam à formação de obreiros.

A Igreja edita o JORNAL ALELUIA, mensário dedicado à divulgação de artigos, notícias e informações de interesse denominacional.

Há também este SITE, criado em 30/10/1998,  que tem como propósito prover informações e compartilhá-las com pastores, líderes e membros da IPRB para que todos cresçam de forma contínua e saudável nas várias áreas de seu ministério e, assim, cumpra-se o exigido em Colossenses 1:10.